Quem Somos

A Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras - BUSF, foi criada em 01 de Janeiro de 2005 e surgiu da iniciativa de um grupo de profissionais de resposta a emergências brasileiros, que decidiram se unir para formatar uma instituição que tivesse a responsabilidade de contribuir com mão de obra especializada e profissional na situações de grandes desastres com os órgãos e governos do Brasil e de outros países, tendo por seu primeiro CEO/Presidente, o Sr. Bolívar Fundão Filho.

Com a intenção de abarcar os demais países de língua portuguesa no bojo de suas operações de resposta a desastres, foi-se ampliada a sua constituição passando a instituição a uma nova designação de abrangência internacional com o ingresso de membros de Portugal a BUSF que passou a denominar-se Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras da Comunidade de Países de Língua Portuguesa - BUSF-CPLP com condições de organizar sucursais em todos os países de língua portuguesa e demais países signatários da Organização das Nações Unidas - ONU que por interesse próprio de organizações de bombeiros e ou similares queiram vir a fazer parte da instituição, tomando assim uma forma constitutiva internacional e de maior representatividade mundial.

Nosso primeiro trabalho internacional se deu junto ao Serviço de Bombeiros da República de Angola na África subsariana, também denominada África negra – “berço da humanidade”, para adequação e capacitação a novos equipamentos, materiais, processos, métodos e protocolos, tendo esta missão durado quatro anos a partir de abril de 2005 com término em 2009.

Em 2017 na figura de nosso CEO Regional para Portugal e CPLP, o Sr: Carlos Walcher, estabeleceu-se em solo português a nossa segunda sucursal, a Associação BUSF-Portugal, a qual tem arduamente implementado o crescimento do quadro associativo, ministrado formações para resposta de equipes comunitárias em emergências e formação dos membros para Força Tarefa para resposta a grandes desastres. Além de desenvolver significativas parcerias com instituições governamentais, privadas e ONGs da Comunidade Europeia e também com países da África.

Hoje a Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras é uma associação especializada na realização de projetos de emergência para os impactos dos riscos naturais, antropogênicos ou socioambientais com efeitos catastróficos; Elaboração e realização de projetos de cooperação para o desenvolvimento de instituições Latino-Americanas, Europeias e Africanas de prevenção e combate a incêndio e demais sinistros; Auxílio humanitário às populações desfavorecidas; Resposta com equipes operacionais em situações de grandes desastres com foco na segurança integral da pessoa humana em todos os níveis; Proteção e defesa do meio ambiente com foco na sustentabilidade visando às futuras gerações; E da proteção da criança e do adolescente, tendo-os como futuro da continuidade da espécie humana com a intenção de desenvolver atitudes e comportamentos que os transforme em cidadãos responsáveis, para garantir uma cultura ética e social, de convivência entre os povos e nações.

 

Nossa organização é formada por profissionais de diferentes setores da sociedade envolvidos com a área de atendimento a emergências, bem como outros profissionais de diversos outros setores técnicos que compartilham preceitos básicos com foco na dignidade da pessoa humana.

As motivações de nossos membros para aderirem à BUSF e suas demais sucursais BRASIL, PORTUGAL, CABO VERDE e SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE, ESPANHA, CHILE, ARGENTINA, BOLÍVIA, INGLATERRA, JAPÃO, SUÍÇA e ÍNDIA, países onde hoje somos representados, são variadas, pessoais e pontuais, tendo como pilar máster, a crença de que a formação e a experiência podem contribuir nas situações de desastre e desenvolvimento da uma rede de instituições de resposta a grandes incêndios e atendimento a grandes desastres.

Nossos membros filiados têm, taxativamente por obrigação ao cerrar fileiras na organização, respeitar quaisquer credos religiosos ou ideologias políticas, sem se sujeitarem-se às influências de nenhuma organização político partidária, sendo a Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras totalmente como uma entidade apolítica.

Também quem se predispor a ser um de nossos colaboradores deverá sempre observar o princípio da fraternidade e colaboração entre todos os povos da Terra, baseando sua assistência em critérios objetivos, sem preferência de quaisquer espécies, sejam quais forem.

A contribuição a outros povos e nações deve ser sempre respondida após solicitação e totalmente aceita pelos governos e pela população das regiões e áreas afetadas, que sempre participam ativamente no desenvolvimento de nossos projetos. Não devendo existir por parte dos membros da Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras, nenhuma interferência direta ou indireta na cultura, leis e conflitos locais, que não seja para defender a vida e a dignidade da pessoa humana.

Nossa instituição e colaboradores devem respeitar e valorizar em todos os momentos, a cultura, os costumes, as religiões, o meio ambiente e outros aspectos dos povos, países e nações que porventura venham a atender.

 

Devendo por obrigação se adaptar às necessidades específicas de cada local e incorporarem as técnicas de trabalho em conjunto com outras organizações locais ou internacionais que possam a vir a desenvolver atividades em conjunto nas áreas afetadas. Estamos comprometidos em servir como elementos operacionais, de conscientização e sensibilização para resolução ou para dirimir situações concernentes ao nosso dever fundamental de salvar vidas nas áreas afetadas e respeitando o Meio Ambiente Natural, Artificial, Laboral, Culturas e Histórico local.

Nos declaramos autônomos e independentes de qualquer pressão, estado, governo, associação política ou religiosa ou de qualquer empresa ou de sindicatos ligados a quaisquer nações. Porém nossos padrões de resposta devem seguir um rígido compromisso de protocolos e metodologias de resposta a emergências que são preconizados por organismos internacionais como a INSARAG, OCHA, ONU. OFDA e demais organismos que desenvolvam processos métodos e protocolos para o bem estar das populações atingidas, promovendo o respeito, proteção e cumprimento de todos os direitos humanos relacionados à segurança das pessoas e através de estratégias internacionais de redução de desastres.

Nossos colaboradores profissionais voluntários, recursos e serviços não devem nunca ser utilizados para fins bélicos, ou atividades que ameacem o meio ambiente ou à dignidade da pessoa humana, devendo pelo contrário, e com todos nossos recursos procurar defender a vida, os direitos humanos e o planeta, observando sempre o princípio da cooperação entre os povos para o progresso da humanidade.

Anônima e voluntariamente, os membros da BUSF e todas as demais sucursais e representações, não devem procurar status em suas ações ou mesmo obter lucros financeiros ou profissionais das atividades de respostas emergenciais. Nossos projetos desenvolvidos, de controle ou de riscos realizados em outros países, deverão ser cumpridos de acordo com as negociações realizadas antecipadamente e devidamente combinadas com governos e representantes legais, e desde que, não ofereçam riscos diretos para nossos membros voluntários no que tange a segurança pessoal, jurídica e institucional, Comprometemo-nos sempre em terminar as missões uma vez aceita pela Diretoria Executiva da BUSF, estando ciente de que representam a instituição e consequentemente os Países da CPLP indiretamente através de nossos membros.

Nossa obtenção de fundos deve ser dedicada exclusivamente para a realização dos nossos projetos sociais, humanitários, logísticos ou de resposta direta a desastres, assistindo as populações atingidas ou em risco eminente de o serem.

Além das finalidades de atendimento a emergências dentro do território dos países da CPLP, a Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras - BUSF poderá de acordo com seus recursos financeiros existentes e condições humanas capacitadas e condição de pronto emprego, além de atender quaisquer países componentes da CPLP - Comunidade de Países de Língua Portuguesa, atender também demais países que sejam oficialmente reconhecidos pela Organização das Nações Unidas - ONU, e que venham a solicitar ajudar e autorizar entrada de seus membros em seus territórios.

AÇÃO DE RESPOSTA A DESASTRES ANTES DE QUALQUER COISA

 

A atuação da Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras – BUSF é, acima de qualquer coisa, voltada para a resposta em situações de grandes desastres. Nossa organização procura levar ajuda humanitária através de seus colaboradores profissionais voluntários às regiões, povos e nações atingidas por desastres naturais, antropogênicos ou socioambientais que necessitem de nossa ajuda, independentemente do local no planeta onde se encontram.

Em situações em que a atuação de unidades de resgate de resposta imediata não seja necessária ou caso seja, mas insuficiente para garantir a sobrevivência de determinadas populações – que são os casos caracterizados como de extrema urgência, a BUSF poderá oferecer ajuda no fornecimento de água, alimentos, saneamento, atendimento médico e gestão de abrigos. Missões de prioridade onde a vida e a dignidade da pessoa humana possa a vir ser ameaçadas.

 

OS PRINCÍPIOS QUE POR TODOS NOSSOS MEMBROS COLABORADORES E VOLUNTÁRIOS DEVEM SER RESPEITADOS.

 

  • Princípio da cooperação entre os povos para o progresso da humanidade;

  • Princípio da humanidade e dignidade da pessoa humana;

  • Princípio da imparcialidade entre os povos;

  • Princípio da neutralidade;

  • Princípio da independência;

  • Princípio do voluntariado;

  • Princípio do profissionalismo;

  • Princípio da unidade;

  • Princípio da transparência; e

  • Princípio da universalidade.

Todos os Direitos Reservados para BUSF-CPLP - Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras