Palavras do Presidente

Chegamos em 2020 aos nossos 15 anos de existência e não teríamos chego aqui sem a contribuição significativa de cada um de nossos membros voluntários. Como CEO da Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras para o Brasil e para os nove países de língua portuguesa que compõem a CPLP tenho o dever e o compromisso de organizar representações da instituição não somente nos países de língua portuguesa, mas no maior numero possível de países signatários da Organização das Nações Unidas, e nesses quinze anos é o que tenho feito com a ajuda de muitos de nossos membros voluntários.

 

Temos traçados metas possíveis para galgarmos à medida que damos continuidade a nossa existência como organização social jurídica, preocupados com a segurança da pessoa humana envolta no manto da sua dignidade enquanto pessoa e dentro do arcabouço de Direitos Humanos Internacionais que todos fazem jus, principalmente quando atingidos por desastres naturais, socioambientais ou antropogênicos.

A cada ano alçamos voos a interesses maiores e mais complexos de abrangência global e de interesse internacional, hoje nossas fileiras não são compostas apenas de brasileiros, mas somos uma grande irmandade composta de membros de vários países com representantes no Brasil, Portugal, Cabo Verde, Angola, São Tomé e Príncipe, Argentina, Chile, Bolívia, Nicarágua, Espanha, Índia e Japão. A partir desse ano de 2020 o nosso jubileu de 15 anos, passamos a buscar novas parcerias com organizações internacionais e com interesse de abrir novos escritórios de representações. Procuraremos abranger mais países da América do Sul com ênfase no Caribe, Europa, Oriente Médio, Ásia e Oceania.

 

Muitas mudanças aconteceram e antes o que buscávamos passou a ser apenas uma parte de nossos interesses internacionais. Nossa resposta humanitária deverá aumentar para não somente a resposta nos desastres, mas também para os pós-desastres, ampliar as campanhas de atenção à dignidade da Pessoa Humana é um compromisso para o próximo decênio, deveremos estar presentes em Campos de Refugiados onde nossos voluntários possam dar condições e dignidade aos que necessitarem. Um maior envolvimento de nossa instituição com a preservação objetiva do Meio Ambiente em todas as suas vertentes de maneira responsável e direta e um cuidado e atenção maior ao futuro de nossa espécie e do nosso planeta através de nossas criança e adolescente de maneira responsável.

 

De meros espectadores que observavam, concordavam ou discordavam, passamos a ser protagonistas de um processo de mudança que caminha cada vez mais para reconhecimento nacional e global. O interesse na homologação de unidades da BUSF nos protocolos Insarag não será apenas nosso objetivo, mas apenas um deles, muitos mais apareceram e comporão nosso arcabouço de interesses.

 

Para consecução de nossos grandes objetivos, gostaríamos de contar com o apoio dos Órgãos Governamentais, a Classe Política, as Empresas Nacionais e Estrangeiras de todos os países componentes da CPLP ou não além da sociedade organizada, para podermos juntos, equipar e aparelhar essa instituição de ação internacional.

Bolívar Fundão Filho

CEO BUSF-Brasil

Todos os Direitos Reservados para BUSF-CPLP - Organização Bombeiros Unidos Sem Fronteiras